sexta-feira, 19 de agosto de 2016

O Garoto da Casa ao Lado - Meg Cabot


Título:O Garoto da Casa ao Lado
Autor: Meg Cabot
Editora: Record
Ano: 2004
Páginas: 400
Nota: 5/5

Sinopse: "O garoto da casa ao lado é o novo livro de Meg Cabot, autora da série O diário da princesa, um fenômeno mundial da literatura juvenil que já vendeu mais de cem mil exemplares no Brasil. Neste novo romance, a autora mistura amor, comédia e suspense aliados ao estilo nova-iorquino, e não decepciona seus fãs. Escrito em forma de mensagens de e-mail, 'O garoto da casa ao lado' revela a história de Melissa Fuller, uma jornalista de celebridades que está prestes a perder o emprego. Numa certa manhã, Mel está 68 minutos atrasada para o trabalho, completando assim seu 37º atraso no ano. Um recorde. O departamento de Recursos Humanos já lhe mandou um memorando oficial sobre o assunto, seu chefe duvida seriamente do seu compromisso com o jornal e, além disso, até sua melhor amiga anda preocupada com seu bem-estar psicológico. Contudo, dessa vez, ela tem uma desculpa de verdade - estava socorrendo Helen Friedlander, sua vizinha de oitenta anos, que entrou em coma após levar um golpe na cabeça, em conseqüência de um misterioso atentado."

O Garoto da Casa ao Lado é o primeiro livro da Trilogia Boy da escritora Meg Cabot. Está sendo o meu segundo contato com mais um trabalho da autora, e mais uma vez fiquei surpresa com o cuidado que ela possui em suas histórias. O leitor irá conhecer a vida de Melissa Fuller, porém com uma diferença da forma da narração de outros livros, neste caso é tudo por e-mails, iremos ficar sabendo de tudo pelo ponto de vista de amigos íntimos da personagem e também amigos de amigos, resumindo isso, é o que deixa a estória muito mais descontraída, já que se percebe a forma de cada um ao retratar um mesmo assunto, diferenciando o linguajar utilizado e também muito engraçado, sem esquecer as partes românticas.

Já de inicio de conversa, Mel (apelido que logo nos acostumamos) tem a sua caixa de entrada bombardeada por mensagens de colegas de trabalho, a procura do seu paradeiro, inclusive uma dessas mensagens é do pessoal do jornal, reclamando do porque ela se atrasou mais uma vez, porém no outro lado da cidade, a desculpa do atraso está referente a um acontecimento trágico que ocorreu com sua vizinha do 15b Helen Friedlander, a coitada sofreu uma pancada na cabeça induzindo-a a entrar em coma, e claro, Mel fez tudo que pode até mesmo querer autorização do seu chefe a publicar esse ocorrido no jornal, porém para isso ela tem que conversar com o neto da senhora, um cara, como diz muito arrogante, que só quer curtir a vida, e o problema que poderia ser interpretado como uma coisa boa durante o enredo, irá começar.

Ao longo do percurso dos acontecimentos na vida de Mel, o leitor irá perceber que nem sempre estamos carregados de azar em nossas vidas, e muito menos que elas sejam sempre traquilinas e confortáveis. Isto é, um bom exemplo de como essas certezas da vida realmente ocorre, sendo representada em algumas passagens da vida da protagonista de O Garoto da Casa ao Lado. Ela se vê presa a um ato de ganância com outros, resolvendo desvendar o mistério de sua vizinha, sem perceber como sua vida irá dá uma volta positiva e surpreendente. Além disso, o leitor também pode perceber a própria pista da estória do livro, contida no próprio título e ilustração da capa, onde muitas vezes deixamos passar a limpo sem dá a importância. Outro ponto importante que deixa a estória mais contagiante, é o mistério por trás do incidente ocorrido com a senhora, por onde acaba sendo o porto de muitas confusões e verdades.

Uma leitora rápida e agradável, por onde o leitor não irá deixar de ler até saber como tudo irá terminar. Sem esquecer, da forma contagiosa que a escritora tem em contar cada ocorrido por meio de mensagens entre varias pessoas, sem deixar de lado a comédia, ingrediente reinante em todo o livro. Resumindo, se você ainda não conhece nenhum trabalho da autora, aqui está um bom começo, não assuste com o aparecimento de tantos personagens, isso não afetá nada no enredo, irá ser uma forma de conhecer novas participantes dos próximos livros da trilogia. 

2 comentários:

  1. Eu adoro a Meg e os livros dela, mas não conhecia essa.
    Bom saber que é uma leitura rápida e que não deixa a gente parar de ler até chegar no final, esse tipo de coisa é bem típico da Meg mesmo, haha.
    Fiquei bastante curiosa pra ler. Ótima resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo comentário Carol! Espero que a leitura também te envolva!

    ResponderExcluir