Pular para o conteúdo principal

Azul é a Cor Mais Quente - Julie Maroh


Título:Azul é a Cor Mais Quente 
Autor: Julie Maroh
Editora: Martins Fontes
Ano: 2013
Páginas: 160
Nota: 5/5

Sinopse: "Clementine é uma jovem de 15 anos que descobre o amor ao conhecer Emma, uma garota de cabelos azuis. Através de textos do diário de Clementine, o leitor acompanha o primeiro encontro das duas e caminha entre as descobertas, tristezas e maravilhas que essa relação pode trazer. 
Em tempos de luta por direitos e de novas questões políticas, "Azul é a Cor Mais Quente" surge para mostrar o lado poético e universal do amor, sem apontar regras ou gêneros."

Uma estória delicada, marcada pelas descobertas, escolhas e no rompimento de preconceitos. Às vezes não é fácil tentar entender os nossos sentimentos, precisamos de alguém ou de algo que possa nos guiar. É com esse pensamento que acompanhamos juntos à trama desse romance, com o gráfico também delicado, por momentos tristes, apagados e frios, representados pela cor cinza, e por uma expressão de tonalidades da cor azul, da qual representa os momentos alegres, "quentes". O romance se desenrola mostrando a vida problemática e cheia de experiências de uma adolescente. O primeiro sentimento que desperta em Clémentine é a descoberta da sua sexualidade atrelada ao amor e a paixão, ao momento de conhecer Emma, uma garota de cabelos azuis.



O problema vai surgi quando Clémentine está tentando aceitar que ela nutre um amor por Emma, justamente quando os seus amigos descobre o seu envolvimento, e ela passa a sofrer preconceito, menos do seu amigo Valentine que é gay, e sempre a apoia, e irá ser um amigo muito importante no seu futuro. Assim é que a personagem e também o leitor, percebe que algumas pessoas no mundo não querem aceitar o fato de existir um amor "fora do padrão" da sociedade, mesmo nós estando no século XXI, e o enredo se passar no século XX, infelizmente o preconceito ainda está estampado nas mentes de varias pessoas de todos os países.Um fator importante são as passeatas pela luta por direitos, novas questões politicas, e a liberdade de expressão, que estão ocorrendo no momento na França, e pela reação de algumas pessoas, como exemplo, o ponto de vista dos pais de Clémentine, ambos não aceitam. 

O desfecho é bem triste, o engraçado é que desde as primeiras páginas o leitor pode já saber qual será o fim, o que aguarda a todos não é o fim, é um novo começo, como foi dito por Clémentine. Recomendo a todos, é claro que quando pegar essa maravilhosa HQ, leia tendo em mente todos esses questionamentos que a autora quis colocar, de forma lenta e minuciosa, é uma incrível experiência.

Comentários

  1. Ameeei! Pretendo comprar, estou super ansiosa. Bjoos!

    ResponderExcluir
  2. Ameeei! Pretendo comprar, estou super ansiosa. Bjoos!

    ResponderExcluir
  3. Espero que tenha uma ótima leitura! Obrigada pelo comentário!
    Bjs!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

@mor - Daniel Glattauer

Título: @mor Autor: Daniel Glattauer Editora: Suma Ano: 2012 Páginas: 184 Nota: 3/5
Sinopse: "Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista.Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro.

A Maldição do Vencedor (Trilogia do Vencedor #1) - Marie Rutkoski

Título: A Maldição do Vencedor Título Original: The Winner's Curse Autora: Marie Rutkoski Trilogia: Trilogia do Vencedor Editora: Plataforma21 Número de Páginas: 328 Ano: 2016 Avaliação:☆☆☆☆☆
Sinopse: "Kestrel quer ser dona do próprio destino. Alistar-se no Exército ou casar-se não fazem parte dos seus planos. Contrariando as vontades do pai - o poderoso general de Valória, reconhecido por liderar batalhas e conquistar outros povos -, a jovem insiste em sua rebeldia. Ironicamente, na busca pela própria liberdade, Kestrel acaba comprando um escravo em um leilão. O valor da compra chega a ser escandaloso, e mal sabe ela que esse ato impensado lhe custará muito mais do que moedas valorianas. O mistério em torno do escravo é hipnotizante. Os olhos de Arin escondem segredos profundos que, aos poucos, começam a emergir, mas há sempre algo que impede Kestrel de tocá-los. Dois povos inimigos, a guerra iminente e uma atração proibida... As origens que separam Kestrel de Arin são as mesmas que…