Pular para o conteúdo principal

A Mediadora (A Terra das Sombras) - Meg Cabot


Título: A Mediadora (A Terra das Sombras)
Autor: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Páginas: 288
Nota: 5/5

Sinopse: "Falar com um fantasma pode ser assustador. Ter a habilidade de se comunicar com todos eles então é de arrepiar qualquer um. A jovem Suzannah seria uma adolescente nova-iorquina comum, com seu indefectível casaco de couro, botas de combate e humor cáustico, se não fosse por um pequeno detalhe: ela conversa com mortos. Suzannah é uma mediadora, em termos místicos, uma pessoa cuja missão é ajudar almas penadas a descansar em paz. Um dom nada bem-vindo e que a deixa em apuros com mãe e professores. Como convencê-los da inocência nas travessuras provocadas por assombrações? Com muito humor, a série A mediadora Meg Cabot nos apresenta a vida desta mediadora que tem certa ojeriza a prédios antigos: quanto mais velho um edifício, maiores as probabilidades de alguém ter morrido dentro dele. Filha de um pai-fantasma nada ausente e uma nova família, que inclui um pai adotivo e três irmãos postiços, a história começa com a mudança de Suzannah para uma casa mal-assombrada, é claro, na ensolarada Califórnia. Só que Jesse não é um espírito qualquer, é um fantasma bonitão que nada faz para assustá-la, muito pelo contrário. No melhor estilo das populares séries de TV Ghost Whisperer, Supernatural e Medium, A mediadora traz histórias repletas de mistério, aventura e romance, confirmando o nome de Meg Cabot (da série O diário da princesa) como uma das maiores escritoras teen da atualidade."
A Terra das Sombras é o primeiro volume da série A Mediadora da escritora Meg Cabot. No Brasil, a publicação das série foi por conta da editora Galera Record. Esse livro/série, trás muitas recordações por ter sido o primeiro contato com qualquer obra de Meg Cabot, inicialmente eu tinha um pouco desentendimento de como era a escrito e tudo mais a respeito da escritora, dificultando muito o meu acesso até ela. Quando li o primeiro livro, que foi no inicio da minha caminhada neste vasto mundo literário, devorei de forma assídua todos os seis volumes sem pestanejar. Além de tudo isso, esse também foi a minha primeiro releitura. Deu para perceber que o livro tem muito significado para mim né?! Voltando, neste volume o leitor irá como de costume, ter o primeiro contato com o ambiente onde irá ser discorrido os acontecimentos, assim como, os personagens que compõe o todo. Tudo isso com passagem cômicas, reflexivas e até mesmo assustadoras. 

O que ela odeia? Prédios antigos. Seu desejo? Se livrar de todos os pertences que acompanha os prédios. Suzannah Simon é uma garota nada comum como outras garotas de sua idade, o que a diferencia de todas é o fato dela poder ver e conversar com fantasmas, fazendo-a ser uma mediadora. Sua vida era comum em Nova York, mesmo com fato de ser uma mediadora e até o momento ser somente ela e sua mãe. Tudo começa a mudar com a decisão de concretizar novo romance de sua mãe, fazendo com que ela mude de Nova York para a Califórnia sem a companhia do tempo de sua cidade natal, amigos, escola, para viver com seu padastro, mãe e seus novos três irmãos, e ainda, o fato da casa ser um casarão antigo. Por outro lado, toda essa reviravolta em sua vida pode ser vista com bons olhos, esse é o momento de começar uma vida nova, sem encrencas na escola ou qualquer coisa que a deixe como uma estranha para todos, aliás agora tudo é novo... até ela encontrar um fantasma em seu quarto que não parece querer seguir em frente. Será que esse recomeço será o inverso de sua vida anterior? 

Ao longo do percurso dos fatos, percebemos alguns pontos reflexivos mediante a tanta confusão. Um dos primeiro a aparecer e que permanece por toda a narrativa, é a realidade da vida de um jovem, todos aqueles problemas da juventude dos quais, muitas vezes não se sabe como consertar fazendo com um problema se torne um problema maior em que a resolução aparece de forma inalcançável. Diferenciando dessa visão, possui aquelas pessoas que carrega como marca a superação de medos, força e coragem, itens bem interpretados pela personagem principal a Suzannah, não deixando nada ficar na frente do que ela almeja, a felicidade e segurança de sua mãe e daqueles que gosta. Assim como, é bem curioso como a escritora consegue acrescentar ao  livro como às vezes não pensamos nas consequências que nossas atitudes precipitadas desenvolvera futuramente, das quais, pode machucar o físico de nós mesmos e dos outros ao nosso meio, e a alma.

Uma leitura rápida e envolvente de se ler, contada por um narrador personagem que neste caso é a própria Suzannah. Um livro que trás muito mais do que uma história sobrenatural e adolescente, relatos vivenciados diariamente em nosso mundo real. Sem esquecer, da forma contagiosa que a escritora tem em contar tudo que vai acontecendo, com passagens de comédia e toda o cuidado que ela tem com seus personagens e ambiente, bem trabalhados. Resumindo, se você ainda não leu nada da escritora, recomendo que inicie sua leitura com essa série. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

@mor - Daniel Glattauer

Título: @mor Autor: Daniel Glattauer Editora: Suma Ano: 2012 Páginas: 184 Nota: 3/5
Sinopse: "Num e-mail enviado por engano, começa um relacionamento virtual que testa as convicções de Leo Leike e Emmi Rothner. Leo Leike, ainda digerindo o fracasso de seu último relacionamento, responde de forma espirituosa a duas mensagens enviadas por engano por Emmi Rothner, casada. Inicialmente, ela só queria cancelar uma assinatura de revista.Depois, inclui Leo por engano entre os destinatários de um e-mail de boas festas. Na terceira troca de e-mails, o mal-entendido dá lugar à atração mútua, reforçada pelo fato de um nunca ter visto o outro. Nada como a curiosidade instigada por frases bem encadeadas chegando a intervalos regulares numa caixa postal eletrônica para que os dois se esqueçam dos possíveis impedimentos. A cada dia, Leo e Emmi se sentem mais impelidos a marcarem um encontro.

A Maldição do Vencedor (Trilogia do Vencedor #1) - Marie Rutkoski

Título: A Maldição do Vencedor Título Original: The Winner's Curse Autora: Marie Rutkoski Trilogia: Trilogia do Vencedor Editora: Plataforma21 Número de Páginas: 328 Ano: 2016 Avaliação:☆☆☆☆☆
Sinopse: "Kestrel quer ser dona do próprio destino. Alistar-se no Exército ou casar-se não fazem parte dos seus planos. Contrariando as vontades do pai - o poderoso general de Valória, reconhecido por liderar batalhas e conquistar outros povos -, a jovem insiste em sua rebeldia. Ironicamente, na busca pela própria liberdade, Kestrel acaba comprando um escravo em um leilão. O valor da compra chega a ser escandaloso, e mal sabe ela que esse ato impensado lhe custará muito mais do que moedas valorianas. O mistério em torno do escravo é hipnotizante. Os olhos de Arin escondem segredos profundos que, aos poucos, começam a emergir, mas há sempre algo que impede Kestrel de tocá-los. Dois povos inimigos, a guerra iminente e uma atração proibida... As origens que separam Kestrel de Arin são as mesmas que…